Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Essa foi a 15ª unidade educacional e a segunda escola municipal reformada e entregue em 2022; nos próximos meses outras 10 escolas devem ser entregues

O prefeito Marcelo Belinati e a secretária municipal de Educação, Maria Thereza Paschoal de Moraes, participaram ontem (8) da entrega das obras de reforma da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi. A unidade recebeu uma série de melhorias, incluindo serviços de manutenção corretiva e preventiva, além de novos mobiliários, para melhor atender os 167 alunos ali matriculados. A unidade escolar fica na Rua Suécia, 67, no Jardim Igapó (zona sul).

Inaugurada em 1964, a unidade foi reconstruída após um incêndio, ocorrido na década de 90. Agora, os estudantes do 1° ao 5° ano, funcionários e equipe pedagógica estão desfrutando de um prédio totalmente revitalizado.

Isso porque, foi feita a pintura interna e externa; a troca de telhas estragadas; a substituição de todas as portas das salas de aula e a abertura de uma nova na biblioteca; a instalação de piso ecológico (paver) na área externa; a substituição do alambrado por um gradil; a pintura da quadra esportiva; a instalação de um parque infantil e de novos toldo; além da troca de todas as carteiras das salas de aula e das mesas e bancos do refeitório.

Sobre a reforma, a secretária municipal de Educação, Maria Terreza Pachoal de Moraes,  explicou que isso torna o ambiente mais agradável para os profissionais e aos alunos, que se sentem mais motivados a estudar e a frequentar o espaço escolar. “Isso dá um destaque tremendo na escola. Até parece que é uma unidade nova. Estamos bem animados, porque todas as escolas municipais, até final do ano que vem, vão passar por isso e receber esse atendimento. No momento, mais ou menos umas dez estão passando por esse processo e devem ser entregues até final de agosto”.

O prefeito Marcelo Belinati lembrou que a melhoria na infraestrutura desta escola não está restrita apenas a ela, mas inclui as demais escolas municipais e as instituições filantrópicas, que atendem as crianças menores, de zero a três anos de idade. Isso porque, segundo ele, a educação é uma das áreas prioritárias em sua gestão dada a importância dela para o crescimento e desenvolvimento das cidades.

 “Essa é uma ação histórica da Prefeitura de Londrina, onde estão sendo reformados e ampliados os espaços e feita a troca de móveis e equipamentos de todas as escolas e creches, além da construção de novas unidades escolares, ou seja, estamos reestruturando toda a rede de ensino municipal. Londrina é conhecida no Brasil pela qualidade de seus profissionais de educação, que são os melhores professores do país. O que estamos fazendo aqui é dando condições adequadas de trabalho a toda equipe da educação e melhores condições de atendimento aos nossos alunos”, disse o prefeito Marcelo.

Para as obras, a Prefeitura de Londrina investiu R$ 126.469,21. As empresas responsáveis pelos serviços foram a Operattus e Pinturas Condor, contratadas mediante processo licitatório. A diretora da unidade, Mércia Maria Cardoso Tavares da Silva, contou que toda comunidade escolar está muito satisfeita com a revitalização da escola, especialmente os alunos, visto que eles se adaptam bem as mudanças.

Além disso, ela lembrou que em 2019, a unidade tinha recebido algumas melhorias, o que a manteve conservada. “Com a reforma, muita coisa foi feita. Veio a pintura interna e externa, a troca do gradil, que estávamos esperando há muito tempo, porque antes era arame farpado e uma tela, e a calçada também que estava toda destruída, mas agora é de paver e está maravilhosa. A reforma fez muita diferença. Estamos todos muito felizes com o resultado. A escola está muito mais organizada, mais bonita, e isso tornou o clima leve e mais alegre”, comentou a diretora.

Para Juliana Ferreira Catarino e Luciano Aparecido Catarino, pais do aluno Ederly Catarino Ferreira, de 10 anos, a reforma deixou o ambiente melhor do que já era antes. “Aqui tem muita atenção da Prefeitura, os professores são ótimos e a diretora também. É uma escolinha que a gente vê que é muito boa, bem cuidada e que, agora, ficou bem melhor”, disse Luciano. “A reforma foi boa, porque eles fizeram o projeto que estavam precisando para a escola. É um sonho nosso realizado poder ter colocado nosso filho aqui. Nós até ajudamos plantando as flores do jardim da escola”, contou Juliana, que atua com jardinagem junto ao seu marido.

Segundo a diretora Administrativa e de Planejamento da Secretaria Municipal de Educação (SME), Rosana Daliner Acosta Marchese, a Prefeitura ampliou o investimento para manutenção das unidades escolares, abrangendo mais serviços. “Antes essas manutenções não existiam. É algo que estamos implementando nessa administração. Graças a esses contratos, tem sido possível executar serviços de pintura, roçagem, instalação de gradil, limpeza de caixa d’água, entre outros. A ideia é que esses investimentos permaneçam, para que a gente crie uma rotina de manutenção preventiva, sem deixar os prédios escolares deteriorarem”, destacou.

Além das obras de revitalização da Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) refez toda a sinalização viária da instituição. Acompanharam a solenidade, o vice-prefeito, João Mendonça e o chefe de gabinete, Moacir Sgarioni.

Outras obras

Essa foi a segunda entrega oficial de reforma realizada em escolas municipais de Londrina e a 15ª unidade de educação reformada, em 2022. A primeira escola entregue foi a Escola Municipal Atanazio Leonel, que fica na Rua Eliza Izabel da Conceição, 148, no Jardim São Jorge (zona norte). Além dela, a atual administração já entregou as reformas das seguintes unidades: Centro de Educação Infantil (CEI) Jorge Dib AbussafiCEI Maria Helena de Castro Costa e Januário IICEI Jurema Neves Canziani; CEI Nossa Senhora do Carmo no Ouro BrancoCEI Haydee Colli Monteiro; CEI Lindalva Silva Bassetto; CEI Espaço Criança (Conjunto Guilherme Pires); CEI Maria Esther Leite JunqueiraCEI Irmãs de BetâniaCEI BetâniaCEI Sebastião Sanches SarauzaCEI MarabáCEI Débora DiasEscola Municipal Atanazio Leonel e hoje a Escola Municipal Maestro Andrea Nuzzi.

Essas obras fazem parte do pacote de R$ 102 milhões de investimentos anunciados para todas as 180 unidades escolares da rede municipal de Londrina. No pacote estão contidas as reformas nas instituições filantrópicas, que são parceiras da Prefeitura e que juntas somarão R$ 8 milhões.

Ana Paula Hedler e Juliana Gonçalves/NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.