Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas através do WhatsApp (43) 99945-0056

A Secretaria Municipal de Política para as Mulheres (SMPM) está com inscrições abertas para o Curso de Doces Finos que será realizado nesta terça-feira (2) e na quarta-feira (3), às 13h30. A atividade é gratuita e acontecerá na sede do Instituto de Desenvolvimento Social e de Formação e Qualificação Profissional de Londrina e Região (Instiemerc) Londrina. O endereço é Rua Alagoas,193, Centro.

A ação acontece por meio de uma parceria entre a SMPM, o Instiemerc Londrina e o Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios em Mercados, Minimercado, Supermercados e Hipermercados de Londrina (Siemerc) Londrina.

Podem participar mulheres partir de 18 anos, residentes em Londrina e distritos. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas através do WhatsApp (43) 99945-0056. O curso será ministrado pela gastróloga e confeiteira, Victoria Picoli Gregolin. No conteúdo programático constam: ingredientes selecionados, sabores inovadores e apresentação impecáveis.

Segundo a diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM, Lisnéia Rampazzo, a ação integra o Programa de Capacitação na área de alimentos, da secretaria, e é direcionada às mulheres que empreendem na área.  “Neste programa, elas aprendem técnicas gastronômicas e a controlar a qualidade dos produtos, além de reconhecer os diferentes tipos de alimentos. O Curso de Doces Finos é uma escolha perfeita para quem deseja elevar o nível de conhecimento”, ressaltou

De acordo com a gastróloga e confeiteira, Victoria Gregolin, o curso foi pensado para dar uma base para as mulheres nesse ramo, com receitas e técnicas básicas que elas podem usar para fazer diversas preparações. Segundo ela, foram selecionados quatro tipos de doces, que possuem grande variedade de técnicas e variações. “Em aulas, conversamos bastante sobre como aplicar as técnicas no dia a dia, de forma prática, para aumentar a produção delas. Acredito que elas sairão do curso bem preparadas para aplicar tudo o que aprenderam e conseguirão transformar o produto em renda”, disse.

Daiane Dutra/NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.