Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Está confirmado e os alunos das escolas estaduais do Paraná terão peixe na merenda escolar a partir de 2024. A iniciativa é do deputado estadual Luiz Fernando Guerra e garante que cerca de 1 milhão de alunos sejam beneficiados com essa medida que visa proporcionar uma alimentação ainda mais equilibrada e de qualidade com um alimento saudável e nutritivo.

A Lei 21.796/2023 foi assinada na segunda-feira (11) e será publicada no Diário Oficial nos próximos dias. Após a publicação, o Estado tem 90 dias para colocar a novidade em prática nos mais de 2.100 colégios do Paraná.

De acordo com Luiz Fernando Guerra, a nova lei garante alimentação mais saudável fomenta a psicultura do estado. “A inclusão de peixe na merenda é uma medida que garante mais saúde e nutrição para os alunos e também impulsiona o setor da psicultura, gerando emprego e renda. Já somos o estado brasileiro que mais produz tilápias no Brasil e nada mais justo que nossa população possa usufruir do produto que é cultivado pela nossa gente”, destaca Guerra.

O peixe é um alimento rico em proteínas, ômega-3 e outros nutrientes essenciais para o desenvolvimento físico e cognitivo das crianças e adolescentes. Além disso, o consumo regular de peixe está associado a benefícios como melhor aprendizado, concentração e memória.

O Paraná é o maior produtor brasileiro de tilápias. Somente no ano passado foram cultivadas 860.355 toneladas de peixes no Brasil, com receita de cerca de R$ 9 bilhões, de acordo com o levantamento do Anuário 2023 Peixe BR da Piscicultura. Somente o Paraná foi responsável por 194 mil toneladas.

ALEP

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.