Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Oito cidades passaram a contar com novos milionários: Curitiba, Cambé, Maringá, Londrina, Foz do Iguaçu, Pato Branco, Paranavaí e Palmas. Ao todo, o Programa Nota Paraná distribuiu R$ 60 milhões em premiações entre janeiro e dezembro.

O Programa Nota Paraná, vinculado à Secretaria da Fazenda, distribuiu, ao longo de 2023, prêmios acima de R$ 10 mil para moradores de 67 municípios diferentes. Oito destas cidades passaram a contar com novos milionários, que foram contemplados neste ano com o prêmio principal de R$ 1 milhão: Curitiba, Cambé, Maringá, Londrina, Foz do Iguaçu, Pato Branco, Paranavaí e Palmas.

Ao todo, o Nota Paraná distribuiu R$ 60 milhões em premiações entre janeiro e dezembro. Foram 214 prêmios de R$ 10 mil ou mais – sendo 12 prêmios de R$ 1 milhão, 2 de R$ 200 mil, 10 de R$ 100 mil, 10 de R$ 50 mil e 180 prêmios de R$ 10 mil.

Além dos prêmios de maior valor, o programa também sorteou nos últimos 12 meses 180 mil prêmios de R$ 50. Completaram as premiações a pessoas físicas os 96 mil bilhetes de consumidores cadastrados no Paraná Pay contemplados neste ano com R$ 100.

O Programa Nota Paraná premia também entidades beneficentes. Durante o ano, 240 instituições de 85 municípios foram reconhecidas com prêmios de R$ 5 mil ou R$ 20 mil. Todos os meses mais de 1.700 instituições cadastradas receberam ao menos R$ 100.

“Os principais prêmios chegaram a moradores e instituições de todas as regiões do Paraná. Esse alcance reflete nosso compromisso em fortalecer a participação cidadã e incentivar práticas fiscais responsáveis em todo o Estado”, diz Marta Gambini, coordenadora do Programa Nota Paraná.

Além dos prêmios, o Programa Nota Paraná também devolveu R$ 301 milhões em créditos de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os consumidores.

Como Funciona

O programa Nota Paraná funciona de maneira simples. Ao fazer uma compra em um estabelecimento comercial no Paraná, o consumidor pode solicitar a inclusão do seu CPF na nota fiscal, o que lhe permite acumular créditos de ICMS.

Os créditos devolvidos mensalmente podem então ser transferidos para a conta bancária do participante ou ser utilizados para abater valores do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

As notas fiscais em que o CPF é inserido são convertidas em bilhetes que concorrem a sorteios mensais, durante os quais são distribuídos prêmios em dinheiro. Para participar, basta se cadastrar no site www.notaparana.pr.gov.br, onde a ficha com dados pessoais – como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço – precisa ser preenchida para a criação de uma senha pessoal.

Para ajudar as instituições, o cidadão deve doar as notas fiscais em que não informa seu CPF. Os bilhetes gerados a partir dessas notas são direcionados então às entidades sociais. Desde setembro, é possível vincular o CPF ao CNPJ de uma instituição social para que a transferência seja feita de forma automática. O cadastro pode ser feito no site ou por meio do aplicativo do Nota Paraná, disponível para Android e iOS.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.