Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Quatro secretários estaduais e presidentes de conselhos de outros estados prestigiaram a posse do novo presidente do Crea-PR

O engenheiro agrônomo Clodomir Luiz Ascari foi empossado como presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) para o mandato de 2024-2026. A cerimônia ocorreu no Auditório Caio Amaral Gruber na sede da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). No mesmo evento, ocorreu a posse dos novos diretores da Mútua-PR e dos conselheiros, marcando a renovação do Terço do Colegiado para 2024. A posse contou com a participação de 4 secretários de estados e dezenas de autoridades, engenheiros, agrônomos e familiares dos empossados.

Durante seu discurso de posse, Clodomir Ascari deu destaque para a importância e a onipresença da engenharia no dia a dia, mencionando que o Crea-PR engloba 138 títulos profissionais. Ele ressalta a conexão profunda da engenharia com o cotidiano de cada paranaense.

“Estamos constantemente em contato com diversas formas de engenharia, incluindo a comunicação 5G, engenharia rodoviária e de tráfego, aeronáutica, automotiva, sistemas de elevadores, infraestrutura residencial e produção de alimentos. Ao final do dia, retornamos a construções planejadas e executadas com habilidade. Dessa forma, nossa vida é diretamente influenciada pela segurança e qualidade oferecidas pela engenharia, melhorando a vida de toda a sociedade”, discorreu.

Presente na cerimônia, o secretário de Planejamento do Paraná, Guto Silva, discorreu sobre a importância das engenharias, agronomia e geociências, no contexto do desenvolvimento e crescimento, especialmente no Paraná, que, segundo ele, teve um crescimento de 9% no último semestre.

“Engenharia para licenciar, engenharia para projetar, engenharia para as mais diferenciadas aplicações, porque o Paraná avança muito forte, com uma política muito clara de geração de oportunidades de emprego”, disse.

Representando o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior na solenidade de posse, o secretário de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, enfatizou a importância do Paraná, especialmente no setor de alimentos e fibras, onde o estado é referência. Ortigara atribuiu esse sucesso aos esforços dos engenheiros paranaenses, incluindo agrônomos e profissionais de outras áreas, que têm sido fundamentais para colocar o Paraná na vanguarda do desenvolvimento.

Clodomir Ascari é Engenheiro Agrônomo com especializações em Administração Rural, Agronegócio, Cooperativismo (Foto: Divulgação)

 “O Paraná se destaca em diversos aspectos, conforme apontado pelo Vermelho, notadamente no setor de alimentos e fibras, onde somos uma referência. Uma ampla gama de produtos e inovações são geradas, criadas e disseminadas globalmente, graças aos esforços dos engenheiros paranaenses, que incluem agrônomos e profissionais de outras áreas. Essa contribuição tem sido crucial para construir e moldar nossa capacidade de estar na vanguarda do desenvolvimento”, destacou.

Já o secretário de Indústria, Comércio e Serviços do Estado do Paraná, Ricardo Barros falou sobre a importância da engenharia diante dos desafios como mudanças climáticas e os desafios logísticos do Estado do Paraná.

“É essencial agirmos diante do aumento das mudanças climáticas e das frequentes interrupções na descida da serra, para assegurar que o porto do Paranaguá continue operando sem interrupções causadas por esses problemas recorrentes”, especificou.

Ricardo na SETI

Aproveitando seu discurso na posse do novo presidente do Crea-PR, o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, anunciou que o ex-presidente do conselho, Ricardo Rocha, vai trabalhar na pasta, com o desfio de coordenar o Projetek, que são escritórios de projetos de Engenharia nas universidades estaduais do Paraná.

“O Ricardo também terá o desfio de fazer a articulação com a academia para sintonizar os currículos dos cursos de engenharia disponíveis no Estado do Paraná com as demandas atuais do mercado”, antecipou o secretário Aldo.

Mútua-PR

Edson Dalla Vecchia e Ronald Peixoto Drabik, os escolhidos para a Mútua-PR, desempenharão, respectivamente, os cargos de Diretor Geral e Diretor Administrativo, juntamente com o Engenheiro Nilton Prado, que assumirá a função de Diretor Financeiro. A Mútua, uma entidade civil, oferece benefícios sociais, previdenciários e assistenciais aos seus associados.

Dalla Vecchia destacou o desafio de tornar a organização mais conhecida entre os 75 mil engenheiros do Paraná. Ele observou que muitos profissionais, especialmente em cidades menores e com mais tempo de formação, ainda desconhecem a Mútua.

“E quanto mais sócios nós tivermos, mais volume financeiro nós vamos ter para poder passar para os nossos profissionais”, pontuou o novo diretor geral da Mútua-PR.

Presenças

Também compareceram à cerimônia de posse de Cloromir Ascari como novo presidente do Crea-PR, Ricardo Rocha de Oliveira, ex-presidente do Crea-PR, o Conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, Augustinho Zucchi, o deputado federal Nelsi Cogueto Maria, o “Vermelho”, o deptuado estadual Fábio Oliveira, presidente da Frente Parlamentar da Engenharia da Assembleia Legislativa do Paraná, e o presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, e o presidente nacional da Mutua, Francisco Almeida.

Rafael Henrique/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.