Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Qualitá Brasil desenvolve desde 2018 projetos sustentáveis na produção de erva-mate e derivados em Cruz Machado, no Sul do Estado. Atualmente os produtos da empresa (folhas prontas para chás, chimarrão, refrigerantes, conservantes, corantes e cosméticos) estão presentes no mercado nacional e internacional, em países como Alemanha, Estados Unidos e Uruguai, e a empresa já planeja uma expansão.

Esse movimento conta com financiamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). A empresa captou R$ 2,9 milhões do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), operacionalizado pelo BRDE, que prevê crédito para projetos de equidade, público jovem, mulheres empreendedoras e maquinário para implantação de projetos. Com isso, construiu uma infraestrutura agrícola para armazenamento, limpeza, secagem e cancheamento (trituração) de erva-mate orgânica.

Após a instalação da unidade, há cinco anos, as folhas verdes da erva-mate da Qualitá passaram a ser comercializadas secas, limpas e trituradas, o que garante maior peso, e consequentemente, valor de mercado. Além disso, todo o processo ficou automatizado, seguindo as normas exigidas para produção de orgânicos com baixa emissão de carbono.

Atualmente a empresa tem dois certificados globais – um da Rainforest, certificadora que busca proteger as florestas, melhorar os meios de subsistência dos agricultores e das comunidades florestais, e um da Fair for Life, que ratifica o comércio justo proposta por uma companhia – e com o fortalecimento do negócio planeja uma expansão, novamente com apoio do BRDE.

O administrador da empresa, Tadeu Alexandre Mikolaiewski, já apresentou um novo pedido de financiamento, desta vez para instalação de maquinários para a fábrica de extratos de erva-mate, guaraná e flor do maracujá.

“Entrei com meu pedido como produtor rural e tive todo o apoio para transformar o projeto em realidade há alguns anos”, recorda. “A nossa empresa utiliza sua própria produção e também de produtores rurais próximos, movimentando a economia local e gerando empregos para a população da região Sul. Além disso, com a certificação de comércio justo, garantimos o pagamento de erva-mate com um preço de compra justo superior ao valor praticado no mercado, valorizando os produtores. E agora vamos expandir a produção”.

Segundo o diretor-financeiro do BRDE, Wilson Bley Lipski, esse apoio se enquadra nas diretrizes do posicionamento atual da instituição como Banco Verde. "O case da Qualitá vai ao encontro da nossa ideia de crescer como banco da sustentabilidade, que concede crédito a ideias inovadoras, ao promover uma economia justa no mercado ervateiro, fomentar a produção local, expansão ao mercado internacional”, afirma.

De acordo com ele, o BRDE tem cerca de 80% de suas operações com aderência ao menos a um Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidades (ONU).

Erva-Mate

A produção de mudas de erva-mate em 2022 no Paraná foi 5,6% maior que em 2021, alcançando em torno de 21 milhões de unidades e Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) de R$ 31,3 milhões, valor 10,1% maior que no ano anterior. Cruz Machado recebeu em 2023 o título de Capital Nacional da Erva-Mate Sombreada.

Ascom/BRDE no Paraná

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.