Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cooperação aumenta o compartilhamento de informações para ampliar a oferta de capacitações e soluções de crédito a pequenos negócios. O Sebrae/PR colocará estratégias e soluções de crédito orientado à disposição das micro e pequenas empresas atendidas pela instituição financeira do Governo do Estado.

A Fomento Paraná e o Sebrae/PR firmaram ontem (29) um termo de cooperação que amplia a parceria entre as duas instituições no âmbito do Programa Nacional de Crédito Produtivo Orientado (PNMPO). A cooperação das entidades estabelece uma atuação coordenada, com compartilhamento de informações técnicas e a conjugação de esforços visando o apoio aos empreendedores que buscam crédito na Fomento Paraná.

O acordo foi assinado durante o Encontro Estadual de Agentes de Crédito, que acontece em Foz do Iguaçu. O evento, que começou terça e segue até esta quinta-feira (30), reúne agentes que atuam em mais de 300 municípios operacionalizando o acesso ao microcrédito por meio de salas do empreendedor, agências do trabalhador e outras estruturas públicas.

A Fomento Paraná já atua com modelo de crédito orientado, ou seja, apoia o empreendedor na elaboração do projeto, solicita plano de negócios, acompanha de perto o empreendimento e a aplicação do recurso liberado. A parceria vai reforçar essa atuação.

Além do programa conjunto de formação continuada de agentes de crédito, o Sebrae/PR colocará uma série de estratégias e soluções de crédito orientado à disposição das micro e pequenas empresas atendidas pela Fomento Paraná, tanto no pré-crédito, principalmente para empresas sem o acesso a ele, quanto no pós-crédito.

De acordo com o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves, a parceria com o Sebrae é fundamental para que a instituição financeira do Governo do Estado alcance o empreendedor em cada canto do Estado, seja levando capacitação, para ele gerenciar melhor o negócio, seja levando crédito em condições adequadas para crescer.

“Agora vamos avançar na integração de esforços para ajudar aqueles empreendedores que têm o crédito recusado e podem, por meio da capacitação e assessoria do Sebrae, entender as dificuldades e implantar melhorias em seus negócios para que o crédito possa ser efetivamente usado de forma produtiva”, afirmou.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, detalha que esse foco de trabalho com o chamado pré-crédito ampliará o número de empresas atendidas. “Vamos, junto com a Fomento, buscar aqueles empreendedores que não têm acesso, orientá-los, e gerar mais condições para que acessem as linhas específicas e fundos que são feitos para favorecer as micro e pequenas empresas”, explicou.

Assinaram o termo de cooperação o presidente da Fomento Paraná, o superintendente do Sebrae-PR, os diretores de Mercado da Fomento Paraná, Vinícius Rocha, e de Operações do Setor Privado, Renato Maçaneiro, que é também membro do Conselho do Sebrae/PR, e Luiz Marcelo Padilha, gerente da Unidade de Ambiente de Negócios do Sebrae/PR.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.