Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), apresentou na segunda-feira (22), um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Paraná que tem como objetivo a conscientização da população sobre a importância da qualidade do ar nos ambientes internos de uso coletivo e individual.

Pela proposta do deputado, deverá ser incluída no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná a “Semana Estadual da Qualidade do Ar Interior” para que, através da realização de atividades sociais, reuniões, palestras, seminários e congressos e demais meios necessários, seja feita a conscientização da população paranaense acerca da necessidade da boa qualidade do ar em ambientes internos, quais os seus benefícios e a influência na qualidade de nossas vidas. Também visa instituir medidas que buscam níveis melhores do grau de pureza do ar em todos os locais, expondo também, os riscos de um ambiente interno de uso coletivo ou individual com ar degradado, e sua nocividade à saúde da população.

A “Semana Estadual da Qualidade do Ar Interior”, a ser realizada anualmente na semana que integra o dia 14 de agosto, Dia Interamericano da Qualidade do Ar.

“Primeiramente é importante expor como a qualidade do ar, especificamente nos ambientes internos, reflete em nossas vidas. É muito melhor estarmos em um lugar com a temperatura do ambiente agradável, principalmente nos dias quentes de verão, mas a qualidade do ar vai além da temperatura nesses ambientes internos, possuindo diversos outros fatores que influenciam, inclusive abordados em diretrizes legais vigentes no país”, defende o deputado Cobra Repórter.

Ele lembra da trágica pandemia da Covid-19, que ceifou a vida de milhões de pessoas pelo mundo e levantou diversas discussões acerca da propagação dos agentes virais pelo ar, principalmente nos ambientes internos, onde muitas vezes não ocorre a renovação desses ares.

“Esse fator foi um dos principais responsáveis pelo aumento da incidência de contágio. Esta crise sanitária demonstrou diversas deficiências na aplicação de políticas públicas pela qualidade do ar interior funcionando como uma verdadeira ´panela de pressão’ de agentes virais, ocorrendo a transmissão comunitária entre as pessoas, e que infelizmente agravou as trágicas consequências da pandemia”, reforça.

A Portaria nº 3.523, de 28 de agosto de 1998, do Ministério da Saúde, preocupa-se com a limpeza interna dos aparelhos de ar-condicionado, a limpeza e troca dos filtros e demais componentes, já apontado diversas preocupações em relação à qualidade do ar interior.  No entanto, o deputado Cobra Repórter defende a implantação de políticas públicas relacionadas a este assunto, que é tão importante para a qualidade de vida dos paranaenses.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.