Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CDPI), apresentou, ontem (31), na Assembleia Legislativa do Paraná, um requerimento solicitando o estudo de viabilidade para a realização de “Circuitos de Dança de Salão’’, projetando bailes dançantes voltados à população idosa do Paraná. O requerimento foi endereçado ao governador Ratinho Junior e às secretarias estaduais de Cultura e do Esporte.

 “É uma sugestão expressada por entidades e representantes civis que pautam sobre a saúde e a qualidade de vida das pessoas idosas, objetivando a realização de maratonas de dança de salão no âmbito do Estado, a exemplo do projeto executado pelo Serviço Social do Comércio do Rio de Janeiro (Sesc RJ)”, justificou o deputado em seu requerimento.

A solicitação é que o projeto atenda pessoas com 60 anos ou mais, criando um importante elo entre este público aos tempos áureos de dança de salão, tão tradicionais antigamente, proporcionando divertimento e o bem-estar.

“Os idosos, mesmo diante das debilidades desencadeadas pelo envelhecimento natural, infelizmente são uma parcela da população que ainda sofre com diversas injustiças, seja por conta do etarismo, do esquecimento por parte de familiares e amigos, enclausuramento ou até mesmo vendo seus direitos de preferência violados. É uma das responsabilidades do Poder Público ofertar, através de suas prerrogativas, projetos sociais que favoreçam a qualidade de vida das pessoas”, disse o deputado estadual Cobra Repórter.

Segundo ele, a realização de um evento dessa natureza com a participação de profissionais artísticos regionais, de forma acessível à população em geral no formato de “Circuitos de Dança de Salão’’, movimentará o comércio local e fortalecerá os laços socioculturais de cada local e o sentimento de pertencimento da comunidade através da dança e música.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.