Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O presidente da  Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai), da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado estadual Cobra Repórter (PSD), solicitou, por meio de ofício, a apuração da denúncia de abuso sexual por parte de avô paterno contra uma adolescente de 16 anos com necessidades especiais.

A denúncia, conforme matéria divulgada pela imprensa, ocorreu por parte da própria adolescente, moradora da cidade de Maringá, que pediu a ajuda da tia. O ofício foi endereçado à delegada de Polícia do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes, de Maringá, Karen Friedrich Nascimento.

O suspeito é um senhor com cerca de 70 anos e trabalha como Papai Noel e teria ameaçado matar toda a família se a adolescente contasse para alguém. Uma foto dos dois juntos e nus foi encontrada no celular do avô. Segundo a vítima, o próprio avô teria pedido para tirar a foto.

“Estamos pedindo o esforço do Nucria para apurar o crime e a punição do culpado. Nossas crianças, adolescentes e pessoas com necessidades especiais estão sujeitas a abusos e nós temos trabalhado para conter isso. Mas, diante de qualquer suspeita, a denúncia é o mais importante para que se possa tomar providências urgentes”, destacou o deputado Cobra Repórter.

No ofício, o deputado solicita que a delegada mantenha esta Comissão informada das providências tomadas. Também coloca a Comissão à inteira disposição no trabalho de proteção dos adolescentes e pessoas com deficiência.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.