Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A deputada federal Gleisi Hoffmann participou ontgem terça-feira, em Foz do Iguaçu, do 1º Encontro de Integração de Mulheres Latino-Americanas, promovido pela Itaipu Binacional. A cerimônia reúniu mais de 1.400 pessoas e conta com a presença de Janja Lula da Silva, esposa do presidente Lula, as ministras da Mulher, Cida Gonçalves, e da Gestão e Inovação, Esther Dweck, que também é conselheira da Itaipu Binacional

O evento ocorre no Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. Os enfoques foram o combate ao machismo, à misoginia e ao racismo e, sobretudo, a necessidade de integração entre mulheres de diferentes raças, origem e condição social, numa perspectiva interseccional.

A programação incluiu diálogos com lideranças femininas nacionais e internacionais, momentos de integração e atrações musicais. Os painéis abordaram temas como "A importância da integração e cooperação internacional na conquista dos direitos das mulheres latino-americanas" e "O papel das empresas públicas e privadas no fortalecimento da defesa dos direitos das mulheres no Brasil pós-pandemia".

Compromissos

Durante o evento, foram anunciados compromissos da Itaipu Binacional e da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) com foco nas mulheres.

Pela Itaipu, são eles:

A assinatura do protocolo de intenções entre a binacional, o Ministério da Mulher, a Secretaria de Estado da Mulher e Igualdade Racial e a prefeitura de Foz do Iguaçu para a implantação e construção da Casa da Mulher Brasileira na cidade;

Anúncio do aditamento do convênio para reforma da Delegacia da Mulher e do Turista em Foz do Iguaçu, com investimento total, aportado pela Itaipu Binacional, passando de R$ 2,9 milhões para R$ 3.507.641,12;

Pelo Parque Tecnológico Itaipu, foram assinados dois protocolos de intenções:

Enquadramento da Fundação à Lei nº 14.611, que garante igualdade salarial entre homens e mulheres;

Lançamento de um edital para formação e qualificação de até 80 ideias de mulheres, e a posterior seleção de cinco para a Incubadora Santos Dumont, com aporte de 30 mil reais para desenvolvimento da solução.

Diretrizes

O evento é parte das ações de área de responsabilidade social da Itaipu com a colaboração de lideranças locais e está em consonância com as novas diretrizes do Governo Federal, visando a valorização e o incentivo à equidade de gênero, além de reafirmar o compromisso da empresa com a defesa dos direitos das mulheres.

A Itaipu Binacional tem dentre suas Políticas e Diretrizes Fundamentais a dignidade humana, que assegura que a empresa, em suas ações, impacte positivamente na dignidade do ser humano, respeitando seus direitos e os aspectos que constituem a diversidade humana no que concerne a gênero, religião, raça, etnia, capacidades diferentes, entre outros.

Asimp/Com informações da Itaipu Binacional

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.