Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em vigor desde julho de 2021, a Lei Estadual 20.650/2021 já prevê o desvio das linhas férreas de municípios de Regiões Metropolitanas no Paraná nos próximos contratos de concessão ferroviários, que acontecerão em 2027. A Lei foi proposta pelos deputados estaduais Evandro Araújo (PSD), Delegado Jacovós (PL), Marcio Pacheco (PDT), e os ex-deputados Delegado Francischini e Michele Caputo.

Além do desvio dos trilhos, a Lei exige a otimização da infraestrutura ferroviária, modernização e atualização dos sistemas; a garantia mínima dos padrões de segurança do tráfego ferroviário exigidos tanto pela legislação vigente, quanto pelo Ministério dos Transportes; e a instalação de placas

ou quadros que contenham informações sobre o serviço, rotas, preço da passagem, duração da viagem, etc.

”O novo traçado para os trens de carga contribuirá com a logística do escoamento de produtos importantes, além de amenizar dados preocupantes de acidentes e mortes. Representa mais segurança para as famílias paranaenses”, disse o deputado Evandro.

As linhas já existentes podem ser ocupadas por outros modais de transporte, como os veículos leves sobre trilhos, auxiliando também no trânsito da cidade. E ainda a reurbanização, com áreas para lazer e espaços culturais.

Acidente reacende discussão

Na última quinta-feira, 09 de março, um trágico acidente aconteceu na cidade de Jandaia do Sul, que fica na Região Metropolitana de Maringá. Três pessoas morreram após uma locomotiva colidir contra um ônibus escolar com alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Duas meninas, de 10 e 15 anos, e uma cozinheira da Apae, de 55 anos, entraram em óbito. Outras 12 vítimas do acidente estão internadas e 14 receberam alta hospitalar.

O acidente gravíssimo fez com que fosse reaberta a discussão sobre os desvios das linhas ferroviárias de cargas no Paraná. Fatos assim não são novidade. Colisões e atropelamentos nesses cruzamentos têm sido registrados em grande escala, em várias regiões do estado.

Adriano Rima/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.