Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) apresentou na Assembleia Legislativa do Paraná um projeto de lei para instituir no Estado do Paraná o ‘’Dia Estadual da Cultura Libanesa’’, a ser realizado anualmente no dia 25 de março, data em que celebra-se o ‘’Dia Nacional da Comunidade Árabe’’, instituída pela Lei Federal nº 11.764, de 05 de agosto de 2008.

 “A finalidade deste projeto é valorizar as múltiplas expressões culturais libanesas no Paraná, levando em conta suas raízes históricas, linguísticas, valores, crenças, tradições, manifestações sociais legítimas, artísticas, religiosas, culinárias e gastronômicas, bem como de seu povo, considerando os imigrantes, nascentes no Líbano ou descendentes de libaneses, e a importância da comunidade libanesa para o desenvolvimento socioeconômico e na identidade multicultural paranaense”, justifica o deputado Cobra Repórter.

O deputado esclarece que este foi um pedido da República do Líbano de Londrina, comunidade libanesa de Londrina e região encabeçada por Nabih Bou Roujeile (foto),  Nasser El Kadri e Samir Zambiam, que tem procurado valorizar a cultura árabe e destacado a importância do segmento para a economia de Londrina, do Paraná e do Brasil. Neste ano de 2023 foi inaugurada em Londrina a Praça da República do Líbano, por iniciativa da República do Líbano, uma homenagem à comunidade libanesa do município.

 “Os imigrantes libaneses e seus descendentes contribuem grandemente com sua força de trabalho para o desenvolvimento do Paraná e do país como um todo, especialmente no setor da ciência, do comércio e da cultura”, ressalta o deputado.

O Paraná concentra uma das maiores colônias árabes do Brasil. Os maiores grupos libaneses estão concentrados nos municípios de Foz do Iguaçu, Curitiba, Londrina e Guarapuava. Foz do Iguaçu é considerada a 2ª maior colônia libanesa do país.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Aimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.