Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Coletiva à imprensa e ato de apoio a Dallagnol no Salão Verde da Câmara

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta terça-feira (30) para discutir "a regularidade dos tribunais eleitorais em suas decisões". O debate será às 14 horas, no plenário 8.

O deputado Kim Kataguiri (União-SP), que pediu o debate, lembrou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu recentemente pela inelegibilidade do deputado Deltan Dallagnol (Pode-PR).

Mas, segundo o deputado, o voto do relator no TSE, seguido pelos demais julgadores, traz "interpretação considerada perigosa" por vários juristas e doutrinadores, ao supor que "a existência de procedimentos preliminares deveriam obstar o pedido de exoneração (de Dallagnol), uma vez que poderiam desencadear na instauração de um PAD (processo administrativo disciplinar)".

Segundo o deputado, além de representar "frontal ataque aos direitos políticos do parlamentar", a decisão do TSE deve causar preocupação em todo meio político e jurídico por "inaugurar uma era de insegurança jurídica com relação a normas que regulam diretamente o exercício de garantias positivadas constitucionalmente com grau máximo de importância concedido pelo constituinte originário".

Debatedores
Entre os convidados para a audiência estão o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello; e o jurista, advogado e professor Ives Gandra Martins.

Agência Câmara de Notícias

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.