Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O senador Flávio Arns (PSB/PR) apresentou nesta semana o projeto de lei nº 2289, de 2023, que cria o Programa Cidadania Plena. A proposta tem o objetivo de assegurar, facilitar e promover o exercício do voto aos idosos, às pessoas hospitalizadas e com mobilidade reduzida e aos cidadãos das comunidades quilombolas, caiçaras e aldeias indígenas.

O texto propõe que a Justiça Eleitoral garanta os direitos públicos ao cidadão com mobilidade reduzida por meio do acesso a diversos serviços como qualificação e inscrição eleitoral, segunda via do título de eleitor e transferência de domicílio eleitoral.

“A ideia do projeto surgiu de conversa com o presidente do TRE-PR, desembargador Wellington Emanuel Coimbra, que, já nas eleições de outubro/2022, de forma inédita no Brasil, permitiu que hospitais e instituições de longa permanência de idosos de cinco cidades paranaenses recebessem urnas para votação. Uma iniciativa que começou no Paraná e agora poderá ser replicada no país inteiro”, explicou o autor da proposta, Flávio Arns.

Vale lembrar, também, que esse projeto de lei está em consonância com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 16 da Organização das Nações Unidas, que fala da necessidade de construção de instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis e aponta o desejável fortalecimento dos laços entre o Poder Judiciário e a sociedade.

Acesse a íntegra do PL 2289/2023 pelo link: https://bit.ly/3Lx6D9R

Greicy Pessoa/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.