Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na reunião de ontem (8/11) da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, o Líder do Podemos, senador Oriovisto Guimarães, votou a favor do projeto (PL 468/18) que prevê reajuste anual dos serviços prestados ao SUS, mas ponderou que, apesar de louvável, a proposta é incompleta: “A não correção das despesas é absurda, mas eu lastimo que o projeto não fixe valor. Repor custos é muito vago, porque vão conceder reajustes irrisórios que não resolvem ”.

O Líder destacou que é preciso priorizar a fome e a saúde no País, porque, enquanto o governo paga R$ 10 por uma consulta médica no SUS, o gasto com orçamento secreto é de R$ 19 bilhões: “Duas coisas me tiram totalmente do sério: pessoas, especialmente crianças, passando fome e doentes em filas de hospitais sem poder ter atendimento. Tudo o que pudermos fazer para combater esses dois males, temos que fazer. E isso deve ser prioridade”.

Senador Oriovisto vota favorável ao reajuste anual dos serviços prestados ao SUS

“Enquanto o governo paga R$ 10 por uma consulta médica no SUS, o gasto com orçamento secreto é de R$ 19 bilhões. Precisamos inverter as prioridades. Foi o que disse, nesta terça(8/11), no Senado Federal, ao aprovar o projeto que garante reajuste anual dos serviços prestados ao SUS”. (Senador Oriovisto Guimarães/PODE-PR) .

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.