Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Ml 3,1-4)
Leitura da Profecia de Malaquias.

Assim diz o Senhor: 1 Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará ao seu templo o Dominador, que tentais encontrar, e o anjo da aliança, que desejais. Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos; 2 e quem poderá fazer-lhe frente, no dia de sua chegada? E quem poderá resistir-lhe, quando ele aparecer?

Ele é como o fogo da forja e como a barrela dos lavadeiros; 3 e estará a postos, como para fazer derreter e purificar a prata: assim ele purificará os filhos de Levi e os refinará como ouro e como prata, e eles poderão assim fazer oferendas justas ao Senhor.

4 Será então aceitável ao Senhor a oblação de Judá e de Jerusalém, como nos primeiros tempos e nos anos antigos.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus!

Responsório Sl 23(24),7.8.9.10 (R. 10b)
— O Rei da glória é o Senhor onipotente!

— O Rei da glória é o Senhor onipotente!
— “Ó portas, levantai vossos frontões! Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, a fim de que o Rei da glória possa entrar!”

— Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?”. “É o Senhor, o valoroso, o onipotente, o Senhor, o poderoso nas batalhas!”

— “Ó portas, levantai vossos frontões! Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, a fim de que o Rei da glória possa entrar!”

— Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?”. “O Rei da glória é o Senhor onipotente, o Rei da glória é o Senhor Deus do universo.”

Evangelho (Lc 2,22-40)

— Aleluia, aleluia, aleluia!

— Sois a luz que brilhará para os gentios, e para a glória de Israel, o vosso povo. (Lc 2,32)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.
22 Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23 Conforme está escrito na lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”.

24 Foram também oferecer o sacrifício — um par de rolas ou dois pombinhos — como está ordenado na Lei do Senhor. 25 Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26 e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor.

27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28 Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29 “Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30 porque meus olhos viram a tua salvação, 31 que preparaste diante de todos os povos: 32 luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”.

33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35 Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”.

36 Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37 Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38 Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.

39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40 O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor!

Ouça a Homilia

Permita que a luz de Jesus ilumine a sua vida

 “Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. Conforme está escrito na lei do Senhor: ‘Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor’” (Lucas 2,22-23)

Na celebração de hoje, experimentamos a plenitude daquilo que nós celebramos no Natal do Senhor. Quarenta dias depois, o Menino Jesus é levado pelos pais ao templo, como prescreve a Lei do Senhor.

A festa de hoje que celebramos, a festa da Apresentação do Senhor, também é conhecida como a festa da Luz. Isso porque Jesus, ao ser apresentado no templo pelos seus pais, é reconhecido por Simeão como ‘a Luz do mundo’ e, de fato, Jesus é a luz do mundo, Simeão profetizou corretamente. Jesus veio para iluminar as nações — como diz o Evangelho de hoje —, veio para iluminar a nossa vida. Jesus é a esperança de libertação, não só do povo de Israel, mas de toda a humanidade!

Simeão, que era um homem justo e piedoso, aguardava, com muita esperança, a consolação de Israel; e, nesse dia, impulsionado pelo Espírito Santo, Simeão também vai ao templo e tem a graça de contemplar Jesus Cristo, a luz do mundo, a esperança de Israel, o consolador de Israel, mas também o consolador de nossa vida.

Jesus é apresentado como a luz para iluminar as nações e a glória de seu povo Israel, e Ele veio também para iluminar a nossa vida.

Colocar-se no caminho da luz é também reconhecer as coisas que precisamos abandonar neste mundo

Nesse dia, também celebramos Nossa Senhora das Candeias; é Maria quem porta a luz que é Cristo Jesus, que apresenta o seu filho no templo, e hoje também nos apresenta. É Maria quem leva Jesus nos braços, mas também O apresenta a cada um de nós.

Ele veio para tirar a escuridão que existe no nosso coração, Ele veio para nos tirar do mau caminho e para nos fazer compreender qual é o caminho que devemos seguir.

Também neste encontro, temos como destaque aquela que apresenta o seu filho; é pronunciada uma profecia sobre Maria dizendo que ela sofrerá muito também, uma espada de dor transpassará a sua alma.

Seguir Jesus e colocar-se no caminho da luz é também reconhecer as coisas que precisamos abandonar neste mundo. Precisamos renunciar a muitas coisas, deixar muitas e não caminhar mais nas trevas. Temos uma luz que nos ilumina, é Jesus.

Então, que, neste dia em que Cristo é apresentado no templo, que nós reconhecemos que Ele é a luz do mundo, que possamos acolhê-Lo no nosso coração e assim caminhar na luz, caminhar nesse caminho seguro que nos conduz para o céu.

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.