Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Tg 1,1-11)

Início da Carta de São Tiago.

1 Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que vivem na dispersão: Saudações. 2 Meus irmãos, quando deveis passar por diversas provações, considerai isso motivo de grande alegria, 3 por saberdes que a comprovação da fé produz em vós a perseverança. 4 Mas é preciso que a perseverança gere uma obra de perfeição, para que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.

5 Se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições; e ela lhe será dada. 6 Mas peça com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida e agitada pelo vento. 7 Não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor: 8 o homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos.

9 O irmão humilde pode ufanar-se de sua exaltação, 10 mas o rico deve gloriar-se de sua humilhação. Pois há de passar como a flor da erva. 11 Com efeito, basta que surja o sol com o seu calor, logo seca a erva, cai a sua flor, e desaparece a beleza do seu aspecto. Assim também acabará por murchar o rico no meio de seus negócios.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório Sl 118(119),67.68.71.72.75.76 (R. 77a)

— Venha a mim o vosso amor e viverei.

— Venha a mim o vosso amor e viverei.

— Antes de ser por vós provado, eu me perdera; mas agora sigo firme em vossa lei!

— Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade!

— Para mim foi muito bom ser humilhado, porque assim eu aprendi vossa vontade!

— A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

— Sei que os vossos julgamentos são corretos e com justiça me provastes, ó Senhor!

— Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes.

Evangelho (Mc 8,11-13)

— Aleluia, Aleluia, Aleluia.

— Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim. (Jo 14,6)

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 11 os fariseus vieram e começaram a discutir com Jesus. E, para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal do céu. 12 Mas Jesus deu um suspiro profundo e disse: “Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal”. 13 E, deixando-os, Jesus entrou de novo na barca e se dirigiu para a outra margem.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Busque alcançar, em sua vida, a fé madura e consistente

 “Os fariseus vieram e começaram a discutir com Jesus. E, para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal do céu. Mas Jesus deu um suspiro profundo e disse: ‘Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal’” (Marcos 8,11-12).

À medida que caminhamos com Jesus, a nossa busca deve partir de uma fé consistente e madura. Essa fé madura e consistente é aquela que já ultrapassou a esfera dos sinais. Precisamos chegar a uma maturidade de fé na qual possamos dizer: “Sigo a Jesus porque sei quem Ele é, e não somente por aquilo que Ele pode fazer por mim”.

Isso sim é ter fé madura! Seguir a Jesus por saber quem Ele é; Ele é Deus! E não só por aquilo que Ele pode fazer: as curas e libertações; não é só isso!

A nossa necessidade, muitas vezes, obsessiva de sinais e confirmações, nada mais é do que uma tentativa disfarçada de continuar testando a Jesus. “Quero saber qual é o poder que Ele tem, o que Ele pode fazer por mim”.

Não podemos continuar tendo uma fé baseada somente em sinais. A nossa fé deve estar em Jesus Cristo, porque sabemos quem Ele é; Ele é Deus.

A nossa fé precisa estar fundamentada naquilo que Jesus é

Igualmente explícita, aqui, foi a reação e a resposta de Jesus; Ele expressou a sua decepção diante da dureza de coração daqueles que queriam apenas testá-Lo. Jesus também deve se entristecer muito com o nosso coração duro e fechado, que ainda não se abriu para entender que Ele é Deus. Além das curas que Ele pode realizar, Ele continua sendo Deus.

Por isso, digo para você: “Meu irmão, precisamos crescer em nossa fé e em nossa confiança em Jesus; Ele sempre nos ama. A nossa fé precisa sair dessa dependência de sinais”. Quanta pobreza existe naquele que segue a Jesus somente por aquilo que Ele pode fazer! A nossa fé precisa estar fundamentada naquilo que Jesus é. Ele é o nosso salvador.

Independente de ver ou não sinais, de ver ou não curas, de experimentar na nossa própria vida curas — curas físicas, sinais extraordinários —, devemos seguir a Jesus, porque Ele é o nosso salvador, porque Ele é o caminho que nos leva ao Pai. Ele é o sinal que nos aponta o Pai, que nos aponta o Céu.

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.