Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Is 58,9b-14)

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

Assim fala o Senhor, 9b se destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; 10 se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia.

11 O Senhor te conduzirá sempre e saciará tua sede na aridez da vida, e renovará o vigor do teu corpo; serás como um jardim bem regado, como uma fonte de águas que jamais secarão. 12 Teu povo reconstruirá as ruínas antigas; tu levantarás os fundamentos das gerações passadas: serás chamado reconstrutor de ruínas, restaurador de caminhos, nas terras a povoar.

13 Se não puseres o pé fora de casa no sábado, nem tratares de negócios em meu dia santo, se considerares o sábado teu dia favorito, o dia glorioso, consagrado ao Senhor, se o honrares, pondo de lado atividades, negócios e conversações, 14 então te deleitarás no Senhor; eu te farei transportar sobre as alturas da terra e desfrutar a herança de Jacó, teu pai. Falou a boca do Senhor.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório Sl 85(86),1-2.3-4.5-6 (R. 11a)

— Ensinai-me os vossos caminhos e na vossa verdade andarei.

— Ensinai-me os vossos caminhos e na vossa verdade andarei.
— Inclinai, ó Senhor, vosso ouvido, escutai, pois sou pobre e infeliz! Protegei-me, que sou vosso amigo, e salvai vosso servo, meu Deus, que espera e confia em vós!

— Piedade de mim, ó Senhor, porque clamo por vós todo o dia! Animai e alegrai vosso servo, pois a vós eu elevo a minh’alma.

— Ó Senhor, vós sois bom e clemente, sois perdão para quem vos invoca. Escutai, ó Senhor, minha prece, o lamento da minha oração!

Evangelho (Lc 5,27-32)

— Glória a vós, Senhor Jesus, Primogênito dentre os mortos!

— Não quero a morte do pecador, diz o Senhor, mas que ele volte, se converta e tenha vida. (Ez 33,11)

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor!
Naquele tempo, 27 Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado na coletoria. Jesus lhe disse: “Segue-me”. 28 Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu.

29 Depois, Levi preparou em casa um grande banquete para Jesus. Estava aí grande número de cobradores de impostos e outras pessoas sentadas à mesa com eles. 30 Os fariseus e seus mestres da Lei murmuravam e diziam aos discípulos de Jesus: “Por que vós comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?”

31 Jesus respondeu: “Os que são sadios não precisam de médico, mas sim os que estão doentes. 32 Eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores para a conversão”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Abandone o pecado e siga o caminho do Senhor

 “Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado na coletoria. Jesus lhe disse: ‘Segue-Me’. Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu. Depois, Levi preparou em casa um grande banquete para Jesus. Estava aí um grande número de cobradores de impostos e outras pessoas sentadas à mesa com eles.” (Lucas 5,27-30)

Quaresma é um tempo de conversão, já sabemos disso. É tempo de mudança, é tempo de abandonar a vida velha, ou seja, a vida de pecado que vivemos para viver uma vida nova e nos voltarmos de todo coração para Deus. Esse é o tempo favorável para isso!

Hoje, podemos ver que o Senhor toma a iniciativa em nos chamar para viver essa vida nova. A iniciativa da salvação vem de Deus, é Ele quem nos convida a segui-Lo, é Ele quem nos convida a vivermos essa vida nova. E, sendo uma iniciativa de Deus, cabe a nós somente aceitar ou não.

Deus nos deixa livre, mas Ele nos faz esse convite, assim como fez para Levi (Mateus), que, ao escutar Jesus lhe dizer: “Segue-me”, ele deixou tudo e começou a seguir Jesus. E, a partir desse seguimento, Levi teve a sua vida completamente transformada; ele não só deixou o trabalho que fazia, mas deixou a vida velha e assumiu verdadeiramente uma vida nova ao lado do Senhor, seguindo o Senhor.

Não podemos imaginar, meus irmãos, o que Deus é capaz de fazer em nós quando damos abertura para Ele, quando aceitamos esse convite “Segue-me”. Não temos dimensão do que Deus pode realizar em nós.

É tempo de abandonar a vida velha, ou seja, a vida de pecado que vivemos para viver uma vida nova

Às vezes, por causa do nosso pecado, sentimo-nos indignos de nos aproximar do Senhor, porém, o nosso pecado, por pior que seja, não é obstáculo para o Senhor transformar a nossa vida. É por isso que Ele veio justamente para curar as nossas enfermidades, para nos libertar do pecado, para nos dar vida nova.

Ele veio para os pecadores, é o médico para os seus doentes. Ele veio para nos dar o perdão, então, não podemos temer nos aproximar do Senhor, ainda que possamos ver na nossa vida uma vida cheia de pecados. Não podemos temer nos aproximar!

Se Levi fosse alguém perfeito e santo, certamente Jesus não o chamaria, mas Ele o chamou porque, a partir da atitude de Levi: seguir a Jesus, a vida dele foi transformando, dando a ele a graça de viver uma vida nova.

Precisamos também nos levantar e seguir, ou seja, reconhecer que não posso mais continuar levando uma vida velha, mas que preciso assumir a vida nova que Jesus veio para nos dar, para nos oferecer.

Que possamos aceitar esse convite, não tenha medo de se aproximar do Senhor, Ele veio justamente para nós que somos pecadores.

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.