Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Pd 5,1-4)
Leitura da Primeira Carta de São Pedro.

Caríssimos, 1 exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada: 2 Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; 3 não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho. 4 Assim, quando aparecer o pastor supremo, recebereis a coroa permanente da glória.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório Sl 22(23),1-3a.3b-4.5.6 (R. 1)

— O Senhor é o pastor que me conduz, não me falta coisa alguma.

— O Senhor é o pastor que me conduz, não me falta coisa alguma.
— O Senhor é o pastor que me conduz; não me falta coisa alguma. Pelos prados e campinas verdejantes ele me leva a descansar. Para as águas repousantes me encaminha, e restaura as minhas forças.

— Ele me guia no caminho mais seguro, pela honra do seu nome. Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, nenhum mal eu temerei. Estais comigo com bastão e com cajado, eles me dão a segurança!

— Preparais à minha frente uma mesa, bem à vista do inimigo; com óleo vós ungis minha cabeça, e o meu cálice transborda.

— Felicidade e todo bem hão de seguir-me, por toda a minha vida; e, na casa do Senhor, habitarei pelos tempos infinitos.

Evangelho (Mt 16,13-19)

— Louvor e glória a ti, Senhor, Cristo, Palavra de Deus!

— Tu és Pedro e sobre esta pedra, eu irei construir minha Igreja, e as portas do inferno não irão derrotá-la. (Mt 16,18)

 — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 13 Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” 14 Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. 15 Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” 16 Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.

17 Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18 Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 19 Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Com zelo e amor, torne-se um bom pastor

 “Então Jesus lhes perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’ Simão Pedro respondeu: ‘Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo’. Respondendo, Jesus lhe disse: ‘Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la’” (Mateus 16,15-18).

Celebramos, hoje, a Festa Litúrgica da Cátedra de São Pedro Apóstolo. Neste dia, somos convidados a refletir sobre a Igreja através daquele que é o seu representante máximo, que é o Papa. Aqui, hoje, lembramos a figura de Pedro.

Celebrar a figura de Pedro, a Cátedra de Pedro, é celebrar a Igreja Católica na pessoa dos seus pastores, que possuem a missão de conduzir a Igreja (que somos nós), de sustentá-la, assim como a rocha que sustenta o alicerce de uma construção. Os sucessores de Pedro são essa base que sustenta a Igreja neste mundo.

Na leitura de hoje, podemos ver, também na Primeira Leitura — se você que acompanha a Liturgia do dia —, Pedro que desempenha esse papel de chefe da Igreja, ele que se dirige aos presbíteros exortando-os a serem pastores do rebanho de Deus.

O pastor nada mais é aquele que cuida do povo de Deus, que zela pelo Seu povo. Pedro faz essa exortação, ele exorta e anuncia com a firmeza de um verdadeiro líder, preparado e escolhido para conduzir a sua Igreja. Seus conselhos são de pai, de pastor, que zela e cuida com amor do rebanho de Deus.

O verdadeiro pastor é esse que sustenta com firmeza, mas também com amor, com esse amor generoso, amor de cuidado. Quem usa do poder religioso para coagir as pessoas não é um bom pastor, não é isso que Deus quer de nós, não é isso que Deus quer dos pastores! Ele é chamado a ser firme, mas zelar com amor.

O verdadeiro pastor é esse que sustenta com firmeza, mas também com amor

A atitude desse bom pastor que sustenta o seu rebanho no amor e no cuidado são características próprias de alguém que viveu uma profunda experiência com Jesus; Ele é o nosso Pastor, é Jesus Cristo.

Os pastores, aqui — nós que somos escolhidos para ser padre ou, então, os bispos, os Papas, devem ser segundo o modelo que é Jesus Cristo, é Ele quem nos ensina a agir com firmeza e amor.

Tudo isso é fruto de uma autêntica profissão de fé. Devemos professar a nossa fé. Pedro, aqui, professou a fé em Jesus Cristo. Pedro, ao ser perguntado sobre quem era Jesus para ele, responde prontamente em nome de todos que Jesus era o Messias, o Filho de Deus. Essa foi a experiência que Pedro fez, ele reconheceu em Jesus Cristo o Messias, o Filho de Deus.

Essa resposta fez de Pedro um bem-aventurado, alguém que é feliz porque fez a experiência com Cristo, descobriu a pessoa do Cristo.

Quem faz uma experiência pessoal com Jesus Cristo é capaz de se comprometer com Ele. Pedro se comprometeu e foi até o fim, vacilou em algumas horas, teve alguns momentos de vacilo, mas se comprometeu com nosso Senhor Jesus Cristo, e foi também até o fim.

Neste dia, pedimos a graça de também nos comprometer com o chamado que o Senhor nos faz, de sermos bons pastores, mas também de zelarmos pela Igreja de Jesus Cristo, assim como deve ser o Papa, aquele que zela e cuida do povo de Deus.

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.