Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ela é a segunda enfermidade que mais mata humanos no mundo, depois da malária e negligenciada pela saúde pública. Para a leishmaniose, calazar ou doença do mosquito palha, como é conhecida, infelizmente, não há uma medida preventiva como a vacina e entendemos que, para os humanos, é apenas informação correta, repelente e muita atenção para não ser picado pelo inseto transmissor.

Ele que tem cor alaranjada, se reproduz em restos orgânicos e adora umidade. Sabe aquela mosquinha do ralo que aparece quando há umidade? Então, ele é parente dela, só que se chama flebotomíneo, é minúsculo, com 3mm e quase imperceptível. Sua picada é indolor e os sintomas da doença aparecem após seis meses a 1 ano, causando um estrago considerável.

Anemia profunda, desânimo, feridas na pele são alguns dos sinais dessa doença silenciosa. Muitos humanos vão a óbito quando acometidos. A campanha ”Diga Não à Leishmaniose” iniciou um trabalho de conscientização e prevenção da doença em 2005 e, desde então, faz uma divulgação incessante sobre o tema, para que as pessoas tomem os devidos cuidados e se previnam.

Os cães são as maiores vítimas do mundo pet, são picados e vários vão a óbito. A vantagem e a “sorte” deles, é que temos vários métodos preventivos, como coleiras, pipetas, lembrando que todo método preventivo corresponde a 70% de prevenção. A única coleira indicada para a prevenção, aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é a Coleira Scalibor, da MSD Saúde Animal.

Apatia, falta de apetite, unhas crescendo em excesso, extremidade das patas, pernas e focinho escamando, olhos com secreção, barriga inchada, podem ser alguns indicativos de que seu cão está com leishmaniose. Em casos de qualquer alteração ou aparência desta descrição, o tutor deve procurar o veterinário de sua confiança e fazer o exame. O protocolo de tratamento é bem complicado, doloroso e os gastos são bastante expressivos. Por isso, sempre, a prevenção é o melhor remédio! (www.diganaoaleishmaniose.com.br)

Marli Pó/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.