Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agora o Estado soma 61 óbitos e 85.397 casos confirmados, 11% a mais do que no informe anterior (76.797) neste período epidemiológico, que teve início em agosto de 2022 e segue até o final de julho deste ano.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou na terça-feira (6) a atualização do boletim epidemiológico da dengue. O informe confirma mais 8.600 casos positivos e cinco mortes. Agora o Estado soma 61 óbitos e 85.397 casos confirmados pela doença, 11% a mais do que no informe anterior (76.797) neste período epidemiológico, que teve início em agosto de 2022 e segue até o final de julho deste ano.

Com relação aos óbitos, três são do município de Londrina (dois homens de 84 e 43 anos, e uma mulher de 74 anos); uma mulher de 74 anos era residente de Ibiporã; e outra de 72 anos era de Missal. Todos tinham comorbidades.

As 22 Regionais de Saúde possuem casos confirmados da doença. Dos 399 municípios, 356 possuem casos confirmados. Os casos autóctones, adquiridos no município de residência dos infectados são a maioria, 65.003, contra 364 adquiridos em outros estados e “importados” para o Paraná. O Estado já descartou 104.774 casos suspeitos.

“A principal orientação para que ocorra a diminuição nos números de casos de dengue é a eliminação dos focos que acumulam água parada, como em vasos de planta, caixas d´água ou pneus velhos deixados no quintal. Precisamos de uma verdadeira força tarefa junto a população para intensificar o cuidado e eliminar o Aedes aegypti”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Chikungunya 

O mosquito também é transmissor da chikungunya. Neste informe, o número de casos confirmados é de 617, um aumento de 2,49% em relação à semana anterior, quando os casos confirmados somavam 602. O Estado permanece com 3 óbitos registrados pela doença.

Confira AQUI o boletim da dengue.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.