Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O destaque foi o Pronto-Socorro que contabilizou 67.155 consultas ano passado, alta de 19% na comparação com 2022. A área materno-infantil também bateu recorde em 2023 com 1.828 partos. Hospital da UEL é referência nos atendimentos do SUS na região Norte.

O Hospital Universitário (HU) da UEL registrou uma série de recordes em 2023, segundo o relatório da Divisão de Arquivo Médico e Estatística da instituição. O destaque foi o Pronto-Socorro que contabilizou 67.155 consultas ano passado, alta de 19% na comparação com 2022 (56.185). Foi a maior marca desde 2007, que somou 37.579 consultas. A média diária no setor em 2023 foi de 103 atendimentos, aumento de 28,7% em relação ao ano anterior, que teve média de 80 atendimentos/dia.

Os resultados se repetem nas internações. Foram registradas 20.011 em 2023, o maior volume no Hospital até hoje, com aumento de 7,5% – em 2022 houve 18.618 internações.

A média de pacientes/dia internados referente ao ano passado também foi recorde (371), apesar de estável na comparação com 2022 (369): a alta foi 0,5%. Em 2023, a capacidade instalada de leitos chegou a 430, variando de acordo com a melhora dos pacientes encaminhados. A média de permanência geral dos pacientes internados em 2023 foi de 6,8 dias, com queda em relação a 2022 (7,2 dias). Isso possibilitou maior giro de leitos, confirmando a boa gestão operacional e assistencial. A taxa de ocupação média do Hospital: 90,1%. Ela foi de 85,7% em 2022.

De acordo com a instituição de saúde, o resultado está relacionado à dedicação e ao apoio importante dos times das unidades de internação, Núcleo Interno de Regulação e Serviço de Agendamento de Procedimentos Eletivo.

Outros serviços

As consultas ambulatoriais também apresentaram crescimento, tanto as médicas e como as não médicas, incluindo a Divisão de Assistência à Saúde da Comunidade (DASC), no Campus Universitário. Em 2022, houve 144.426 atendimentos e, em 2023, 156.345 consultas, configurando aumento de 8,3%.

No apoio clínico destacam-se os exames do Laboratório de Análises Clínicas, a maior taxa de produção de resultados efetivos. Foram obtidos 1.950.659 em 2023, frente aos 1.832.171 resultados no ano anterior (+6,4%).

Ainda no apoio e diagnóstico, os exames também cresceram: foram realizadas 29.915 tomografias, 23.397 ultrassonografias e 72.454 raios-X contrastado/não contrastado, representando um aumento de 26,5%, 38,9% e 18,3%, respectivamente, na comparação entre 2022 e 2023.

A área materno-infantil também bateu recorde em 2023 com 1.828 partos, maior número desde 1991, representando 9,4% de aumento em relação a 2022 (1.671 procedimentos).

O total de pacientes cirúrgicos em 2023 também foi o maior da história da instituição, somando 14.128 no ano, 16% mais que em 2022 (12.177).

Compromisso

A diretora superintendente do HU-UEL, Vivian Feijó, reafirma o compromisso da administração do Hospital perante a comunidade interna e à sociedade civil organizada na busca por condições que incrementem melhorias significativas nas diversas áreas do hospital. A meta, acrescenta ela, é ampliar ainda mais a entrega de resultados com foco na população, colaboradores, docentes e alunos.

Vivian afirma que a integração entre serviço e academia foi fundamental para a elaboração de estratégias de enfrentamento dos desafios, aliadas ao Planejamento Estratégico Institucional (PEI) das quatro diretorias (Clínica, Administrativa, de Enfermagem e Superintendente).

“Diante dos resultados, a direção agradece a cada aluno, professor e servidor que realiza seu trabalho na assistência em Saúde, sem perderem o foco da missão, visão e valores, que são a materialização indissociável do Ensino, da Pesquisa e da Extensão”, disse a gestora.

Ela ressalta, ainda, o apoio administrativo da UEL, a retaguarda financeira e orçamentária do Governo do Paraná, em especial da Secretaria de Saúde (Sesa), na manutenção do funcionamento dos diversos serviços prestados pelo HU-UEL. “Temos esses excelentes resultados graças ao comprometimento das equipes que, com dinamismo, não se cansam de buscar melhores estratégias que aperfeiçoem seus serviços e aprimorem a experiência do paciente”, disse a coordenadora.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.