Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As recomendações são dirigidas à população em geral, mas crianças e idosos devem ter atenção redobrada. É importante nesse período de forte calor evitar a exposição ao sol, principalmente das 10 às 16 horas, e sempre aplicar protetor solar, independentemente do horário.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) alerta a população sobre os cuidados com a saúde diante das temperaturas altas previstas para esta semana, ainda na reta final do inverno. De acordo com o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), as temperaturas já ultrapassaram 30° C em algumas regiões, cenário que pode se manter nos próximos dias. Com umidade relativa do ar baixa, é importante reforçar algumas atitudes essenciais durante este período para a prevenção de fadiga, desidratação ou ainda queda da pressão arterial.  

As recomendações são dirigidas à população em geral, mas crianças e idosos devem ter atenção redobrada. É importante nesse período de forte calor evitar a exposição ao sol, principalmente das 10 às 16 horas, e sempre aplicar protetor solar, independentemente do horário.

Outro cuidado significativo é com a hidratação e alimentação, sendo ainda mais importante o consumo de alimentos in natura, evitando os ultraprocessados. Futas, verduras, legumes, arroz e feijão em geral possuem alto teor de água, diferente dos ultraprocessados, que são ricos em sódio, aditivos e escassos em água. Os refrigerantes, néctares e refrescos, apesar de possuírem alto teor de água, são ricos em açúcar ou adoçantes e aditivos, não sendo uma fonte adequada para hidratação.

De acordo com a nutricionista da Divisão de Promoção da Alimentação Saudável e Atividade Física da Sesa, Cristina Klobukoski, a quantidade de água que precisa ser ingerida por dia é muito variável e depende de vários fatores, como a idade, o peso, a atividade física, bem como o clima e a temperatura do ambiente.

“Para alguns, a ingestão de dois litros por dia pode ser suficiente, outros precisarão de um litro e meio ou três litros. Uma forma de verificar se a ingestão hídrica está adequada é prestando atenção à coloração da urina, que deve estar sempre bem clarinha”, alertou.

O balanço diário de água é controlado por sensores localizados no cérebro e em diferentes partes do corpo. Esses sensores provocam a sede e impulsionam as pessoas a ingerirem líquidos sempre que a ingestão de água não é suficiente para repor a água utilizada ou eliminada. Porém, algumas pessoas, como crianças e idosos, por exemplo, nem sempre apresentam sinais de sede.

“Nesses casos, é necessária ainda maior atenção para a adequada ingestão de água pura, ingerindo aos poucos ao longo do dia, mesmo antes de apresentar sinais de sede”, complementa.

Impactos Na Saúde

Os principais impactos das ondas de calor sobre a saúde são exaustão, tontura, desmaios, dor de cabeça, náuseas, cólicas, brotoejas pelo corpo e inchaços, principalmente nos tornozelos, pés e mãos. Para evitar estes problemas, os cuidados que podem ser adotados em casa ou no ambiente externo são: ter sempre uma garrafinha de água por perto; caso tenha dificuldade em ingerir água, saborizar a água com rodelas de limão, laranja ou hortelã, por exemplo; utilizar alarmes ou aplicativos que enviam avisos sonoros para lembrar de tomar água; consumir mais frutas, verduras e legumes; e não substituir a água por néctares, sucos ou refrigerantes.

Outras sugestões são tomar banhos gelados, usar ventiladores e evitar exercícios físicos ao ar livre em horários muito quentes.

Onda De Calor 

A onda de calor começou no sábado, com índices de umidade relativa do ar abaixo dos 30%, com exceção das praias. O ar seco e o transporte de ar quente da região Amazônica para o Estado favoreceram o intenso aquecimento do tempo em todas as regiões e as temperaturas máximas ultrapassaram os 30 °C nas faixas Norte e Oeste e dos 25 °C nos demais setores. Na RMC, o pico foi de 27,2 °C em Pinhais.

No domingo, os índices de umidade relativa do ar ficaram abaixo dos 40%, exceto no Litoral. Outro destaque foi o tempo bastante quente, com temperaturas máximas acima dos 30 °C em todas as regiões paranaenses. Em Capanema, no Sudoeste, os termômetros chegaram a 38,6° C. O cenário foi similar em Cambará (Norte Pioneiro), com 37,7° C, Loanda (Noroeste), com 37,3° C, Cidade Gaúcha (Centro-Oeste), com 36,1° C, e São Miguel do Iguaçu (Oeste), com 36,8° C. Confira a lista AQUI .

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.