Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Podem receber a dose os idosos a partir de 60 anos, sem precisar agendar; basta comparecer na UBS de referência

Londrina inicia a 25ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza nesta terça-feira (28), a partir das 13h, em todas as todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Até sexta-feira (31), a vacinação contemplará apenas os idosos com 60 anos ou mais e, para receber a dose, não é necessário agendar, bastar comparecer na UBS de referência. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (27), em coletiva de imprensa concedida pelo secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

O início da campanha nesta data foi possível devido à decisão do governo do Estado de antecipar a campanha de vacinação da Influenza em 17 dias. A decisão considerou aproveitar a vacinação contra a Covid-19, já que as duas vacinas podem ser aplicadas simultaneamente. Também leva em conta o fato de o Paraná estar localizado no sul do país, região tradicionalmente mais fria, e pelo grande número Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs) ocorridas no último ano, sobrecarregando o atendimento nas unidades de saúde. A data pré-estipulada pelo Ministério da Saúde para a imunização em nível nacional é 10 de abril.

O secretário municipal de Saúde de Londrina, Felippe Machado, explicou que, embora o Ministério da Saúde tenha definido que a vacinação contra a Influenza neste ano não será escalonada, ou seja, todos os grupos serão convocados de uma só vez, em Londrina decidiu-se iniciar apenas com os idosos devido ao número baixo de doses recebidas até agora. “Recebemos só 20 mil doses dentre de um público de mais de 100 mil pessoas a serem vacinadas. Além disso, neste momento estamos com uma grande demanda de pessoas buscando as unidades de saúde com sintomas de dengue, e isso tem causado uma sobrecarga nos postos de saúde. Por isso, nos organizamos para atender os idosos nesta primeira semana e avaliaremos a ampliação dos grupos na sexta-feira”, informou.

A previsão é que um novo lote de vacinas contra a gripe seja enviado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) a Londrina no dia 4 de abril. “Fazemos um apelo para que as pessoas se vacinem, visto que o período do frio se aproxima, época em que há maior registro de casos de síndromes respiratórias e, consequentemente, a sobrecarga do sistema de saúde. Lembrado que as vacinas contra a gripe e Covid-19 podem ser aplicadas simultaneamente, oportunizando o recebimento das duas doses no mesmo dia”, apontou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.