Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Há cerca de 9.400 crianças aptas a receber a dose, cuja aplicação iniciará nesta terça-feira (14)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou a liberação da aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para as crianças de 8 a 11 anos. Em Londrina, há cerca de 9.400 crianças nesta faixa etária, aptas a receber a vacina da fabricante Pfizer-Biontech. O agendamento já está liberado para aplicação a partir desta terça-feira (14).

Nos próximos dias, as seguintes Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ofertarão as doses: na terça-feira (14), a do Guanabara (centro), do Vivi Xavier (norte) e Piza (sul); na quarta-feira (15), do Vila Nova (centro), do Panissa (oeste) e do Ernani Moura Lima (leste); na quinta-feira (16) do Santa Rita (oeste), do Maria Cecília (norte) e do Ideal (leste); e na sexta-feira (17), da Vila Nova (centro) e do União da Vitória (sul).

 “Estamos disponibilizando a aplicação em UBSs por região da cidade para que possamos otimizar as vacinas. As doses que chegaram são insuficientes em relação à quantidade de crianças a serem vacinadas, entretanto, como a procura neste momento é muito baixa, estamos fazendo a liberação de todas das 9.400 crianças que já têm o direito de receber a dose de reforço”, explicou o secretário de Saúde, Felippe Machado, em coletiva de imprensa ontem (13).

A data e horário da aplicação da dose devem ser agendados pelo portal da Prefeitura (clique aqui). Podem receber a dose de reforço as crianças que receberam as primeiras doses da vacina há mais de 4 meses. Após o agendamento da data da aplicação no site, é necessário imprimir o comprovante com QR Code para apresentar no dia e local selecionado, junto com a carteira de vacinação Covid-19 e um documento de identificação com foto.

A SMS lembra que a vacinação para crianças com menos de 8 anos também está liberada. Para crianças de 6 meses a menores de 3 anos está disponível a primeira dose com a Pfizer Baby.

Reforço Coronavac

De acordo com o secretário Felippe Machado, há uma orientação nova, do Ministério da Saúde, para a crianças de 3 e 4 anos que tomaram a vacina da marca Coronavac. Neste caso, a indicação é que essas crianças tomem uma dose de reforço da Pfizer Infantil, que já está liberada no site da Prefeitura. Em Londrina, são 900 crianças de 3 e 4 anos que completaram o esquema vacinal com a Coronavac e estão liberadas para receber o reforço.

NCPNL

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.