Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Intervenções serão realizadas em diversas especialidades, ao logo de quatro meses, por meio de mutirões com início previsto para este sábado (5)

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e o Hospital Evangélico, assinaram um aditivo para a realização de mais cirurgias eletivas. O valor do aditivo foi de R$ 1.226.729,01 e o recurso permitirá realizar cerca de 500 cirurgias, em diversas especialidades, nos próximos quatro meses. A assinatura aconteceu na terça-feira (1), no gabinete do prefeito Marcelo Belinati.

Para atender os pacientes, serão feitos mutirões de cirurgias eletivas, com início previsto para este sábado (5). O prefeito Marcelo Belinati ressaltou que a retomada das cirurgias eletivas, realizadas desde 2017, é mais uma ação da Prefeitura no pós-pandemia. “O Evangélico é um grande parceiro e um hospital filantrópico da cidade de Londrina, que presta serviço para o Sistema Único de Saúde (SUS). Após várias tratativas, conseguimos avançar com este mutirão inicial que irá atender pessoas que estão em fila de espera, aguardando este momento cirúrgico. A expectativa é que a gente consiga, nos próximos dias, realizar outros mutirões, com outros hospitais, para avançarmos no tempo perdido com a pandemia”, disse.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, explicou que serão atendidas várias especialidades de pacientes que já passaram por consultas e estão com as cirurgias indicadas pelos especialistas do ambulatório do Evangélico, como ortopedia, cirurgia geral, vascular, ginecologia e urologia.

 “Os mutirões são um grande plano do prefeito Marcelo Belinati e já foram realizados em diversas áreas. Entretanto, o advento da pandemia fez com que tivéssemos que suspendê-los, em especial 2020 e 2021. Agora, em 2022, este cenário mais tranquilo, destacando também a importância da vacinação, nos permite retomar estas ações que têm um impacto muito grande na população”, enfatizou.

Atualmente, a Prefeitura repassa, mensamente, ao Hospital Evangélico, R$ 3 milhões para a realização de cirurgias eletivas, de urgência e demais atendimentos hospitalares. Em Londrina, são feitas, em média, 1.260 cirurgias eletivas por mês, em sete hospitais: Evangélico, Santa Casa, Hospital de Olhos, Hospital Universitário, Hospital do Câncer, Hospital da Zona Norte e Hospital da Zona Sul. “Retomamos as cirurgias eletivas a todo vapor, pois durante a pandemia este número caiu para 600 por mês”, apontou.

Machado completou que isso, somado aos mutirões já lançados, no Hospital de Olhos, de cirurgia de cataratas, e no Instituto Londrinense de Educação de Surdos (Iles), de aparelhos auditivos, e a retomada dos outros hospitais da cidade, colocou o município, em 2022, neste cenário de mais de 1.200 cirurgias realizadas por mês. “Esta média mensal, se continuada, vai superar os outros anos de mutirões”, estimou.

O superintendente do Hospital Evangélico de Londrina, Eduardo Otoni, que esteve presente no gabinete do prefeito, ressaltou que este é um grande passo para a melhoria da assistência dos pacientes de Londrina. “Nós estamos falando ao acesso a 500 cirurgias, aproximadamente, em um período de quatro meses em diversas especialidades. Reconhecemos que o volume é muito maior, mas é o que nós conseguimos alinhar com a Prefeitura”, contou.

Otoni explicou que, com a pandemia, houve um aumento no número de emergências e as cirurgias eletivas ficaram um pouco para trás. “Agora, é oportunidade de diminuirmos um pouco essa fila. Existe uma preocupação do Município neste sentido, sabemos que há uma necessidade de permanência, posteriormente ao mutirão, mas este já é um grande passo dado pela Prefeitura em conjunto com o Hospital Evangélico, através desta parceria”, afirmou.

O diretor-jurídico do Hospital Evangélico de Londrina, Lincoln Magalhães, e a diretora de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde, Andressa Zocoller, também estiveram presentes no gabinete do prefeito para a assinatura do aditivo.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.