Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A nova fase segue até 15 de setembro com o objetivo de preencher as vagas deixadas em aberto pelos médicos que não se apresentaram ao chamamento na primeira etapa, encerrada na sexta-feira (23). Das 327 vagas destinadas ao Paraná pelo programa do governo federal, 194 foram preenchidas.

Iniciou ontem (28) a segunda chamada dos profissionais de saúde do programa Mais Médicos. A nova fase segue até 15 de setembro com o objetivo de preencher as vagas deixadas em aberto pelos profissionais que não se apresentaram ao chamamento na primeira etapa, encerrada na sexta-feira (23).

Das 327 vagas destinadas ao Paraná pelo programa do governo federal, 194 foram preenchidas. Os médicos se apresentaram em 92 municípios e já iniciaram as atividades nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos locais selecionados. No total, 2.670 médicos se inscreveram para o programa. A adesão para as vagas remanescentes segue um novo cronograma, com datas diferenciadas.

Os habilitados deverão se apresentar nos municípios até esta sexta-feira (30). Para os médicos intercambistas (com registro o Exterior) o prazo será estendido. Eles passarão pelo curso Módulo de Acolhimento e Avaliação (MAAV) em agosto e os aprovados devem se apresentar nos municípios entre os dias 4 e 15 de setembro.

As inscrições para o Mais Médicos iniciaram em 26 de maio, e durante praticamente um mês os candidatos participaram do processo seletivo, por meio de edital publicado pelo Ministério da Saúde.

Neste momento, o programa será destinado para atuação de médicos na Atenção Primária à Saúde (APS), podendo ser expandido para outras áreas. 

Acolhimento

A Sesa, em parceria com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), está organizando um acolhimento aos profissionais para as próximas semanas com o objetivo de instrui-los sobre as diretrizes do programa, as demandas e o processo de trabalho das equipes de Saúde da Família conforme as normativas e Linhas de Cuidados Prioritárias da Saúde do Estado.

“A Atenção Primária à Saúde ganha mais um reforço para o atendimento à população, permitindo a expansão dos serviços. Ressaltamos a importância do programa e fortalecemos essa parceria com o Ministério da Saúde”, disse o secretário estadual da pasta, Beto Preto.

Atualmente, o Paraná conta com 681 profissionais vinculados a alguma iniciativa do governo federal, sendo 427 médicos do Programa Mais Médicos e 254 do Programa Médicos pelo Brasil.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.