Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Unidades Básicas de Saúde do Lindoia e Santa Rita terão encontros de orientação para mães, nesta quarta-feira (16) e sábado (19), respectivamente

Dando continuidade à campanha Agosto Dourado, para incentivar o aleitamento materno, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove novas atividades nesta semana. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Lindoia, zona leste, vai reunir mães de bebês com até seis meses de idade, nesta quarta-feira (16), no salão da Comunidade Santa Isabel (avenida Mituo Morita, 97). Além de um delicioso café da tarde, as mães vão receber orientações relacionadas à amamentação.

O encontro vai começar às 14h, com a participação de vários profissionais de saúde da UBS Lindoia, que integram as equipes de odontologia, enfermagem e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). As palestras vão abordar a pega do seio, que se não é feita corretamente causa dores à mãe e prejudica a nutrição do bebê, e o uso de chupeta, que por ser um bico artificial também pode interferir nesse processo do aleitamento. A expectativa é que participem cerca de 40 mães e seus bebês e, ao final da atividade, elas receberão uma lembrança produzida pelos servidores.

Esse ano, o Agosto Dourado enfoca no tema “Apoie a amamentação: faça a diferença para mães e pais que trabalham”. E, de acordo com a enfermeira da UBS Lindoia, Tatiane Cristina de Souza, ao retornarem aos seus empregos, após a licença-maternidade, muitas mulheres não estão cientes de que têm direito a duas pausas para amamentarem seus bebês. “Então nós explicamos esses direitos para elas, e também sobre como retirar o leite e estocar, caso tenham sobra. Sabemos que nessa fase geralmente a quantidade diminui bastante, e muitas não sabem como ordenhar ou armazenar esse leite, por isso ensinamos nos grupos da puericultura, com a nutricionista do NASF”, destacou.

A quantidade de leite produzido é um tópico frequente quando o assunto é a amamentação. “Indicamos sempre o Banco de Leite Humano, para as que têm produção excedente. Caso a criança esteja com baixo peso, pesamos semanalmente e conferimos de perto se a amamentação está sendo feita corretamente. Também falamos da retomada ou reversão da fórmula para o leite materno, pois com a pega correta há boa produção e é possível manter a criança só no peito nos seis primeiros meses”, elencou a enfermeira.

Esse acompanhamento de rotina na UBS Lindoia também envolve enfermeiras obstétricas residentes da Universidade Estadual de Londrina (UEL). “Além disso, a fisioterapeuta do NASF explica sobre a questão do desenvolvimento dessa criança, enquanto as equipes da Odonto ensinam sobre a limpeza e higiene bucal, que não é necessária enquanto a criança está exclusivamente no leite materno, dentição e freio da língua”, acrescentou Souza.

Santa Rita

E sábado (19), a UBS do Santa Rita realizará uma ação especial para gestantes e mães que tiveram parto recentemente. São esperadas cerca de 40 mulheres, atendidas na UBS durante o pré-natal e puericultura. O encontro começa às 9h, com um café da manhã, e terá a participação de uma consultora de amamentação, que dará seu relato pessoal.

Essa atividade é oferecida em parceria com o curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica (PUC) – Campus Londrina, que conta com estudantes realizando o internato em Pediatria na UBS Santa Rita. O encontro será realizado na sala de espera da unidade, que fica na Rua Aroeira, 284.

De acordo com a coordenadora da unidade, a enfermeira Suzane Cristina Gozzi, além do café da manhã as mães que comparecerem neste sábado (19) vão receber kits com presentes para elas e seus bebês, e poderão fazer um rápido ensaio de fotos com máquinas instantâneas. Haverá ainda o sorteio de uma pintura gestacional para as gestantes.

A enfermeira citou que as mulheres que residem na região de abrangência da UBS Santa Rita iniciam seu pré-natal logo que descobrem a gestação, e o aleitamento é abordado desde então. “Reforçamos muito nos primeiros dias do recém-nascido, que é um período de muita adaptação e, se necessário, antecipamos os retornos para essa mãe e seu bebê serem acompanhados mais de perto. Essa questão é uma prioridade para nós, tanto que fazemos a busca ativa desde o pré-natal”, destacou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.