Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O período sazonal 2023/2024, que teve início em 30 de julho deste ano, soma 913 casos confirmados em todo o Estado, sem mortes. O novo boletim confirmou ainda três novos casos de chikungunya.

O informe semanal da dengue registra 149 novos casos e nenhum óbito pela doença no Paraná. O documento foi divulgado ontem (19) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O período sazonal 2023/2024, que teve início em 30 de julho deste ano, soma 913 casos confirmados em todo o Estado, sem mortes.

O 5º Informe Epidemiológico da Vigilância Ambiental da Sesa registra também 3.479 casos em investigação e 3.136 descartados. Dos 399 municípios, 93 apresentaram casos autóctones, quando a doença é contraída localmente, e 266 registraram notificações.  

As regionais com mais casos confirmados de dengue até ao momento são Londrina (193), Maringá (168), Paranaguá (122) e Foz do Iguaçu (122). As regionais de Irati, União da Vitória e Pato Branco seguem sem casos confirmados. A região de Telêmaco Borba teve apenas um caso e Guarapuava, dois.

Chikungunya

O mosquito Aedes aegypti também é responsável pela transmissão de zika e chikungunya. Durante este período não houve confirmação de casos de zika, somente dez notificações. O novo boletim confirmou ainda três novos casos de chikungunya. Desde o início do período sazonal, houve o registro de nove casos.

Confira o boletim AQUI e todas as informações sobre o novo período sazonal AQUI.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.