Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Iniciativa vai atender a campanha contra a paralisia infantil; além desta ação, hoje e amanhã as equipes estarão nas unidades escolares municipais, também para vacinar crianças de 1 a 4 anos

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promoverá mais uma ação de vacinação contra paralisia infantil (poliomielite), em três shoppings da cidade, neste sábado (10), das 13h às 20h. Participarão os shoppings Catuaí, Boulevard e Londrina Norte. Ontem (7), no feriado da Independência, foi realizada a mesma iniciativa nestes estabelecimentos, onde foram administradas 635 doses de vacina oral em crianças de 1 a 4 anos, público-alvo da vacinação.

 “A ação foi positiva, pois conseguimos vacinar mais de 600 crianças nos três shoppings que receberam nossas equipes, número superior das ações que fizemos aos sábados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Por esse motivo, vamos repetir a ação neste sábado, das 13h às 20h, ampliando o horário em uma hora. É desejável que os pais e mães levem a carteirinha de vacina da criança, para que as nossas equipes possam fazer a leitura e, se houver alguma vacina do calendário nacional por fazer, é feita a orientação para que busquem uma unidade de saúde”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

Unidades Escolares

E nesta quinta (8) e sexta-feira (9), durante todo o dia, haverá vacinação contra paralisia infantil em 136 unidade escolares, sendo 33 Centros Municipal de Educação Infantil (CMEIs), 58 Centros de Educação Infantil (CEIs) filantrópicos conveniados e 45 escolas municipais que têm crianças de até P4. As crianças que receberão a vacina terão autorização dos pais ou responsáveis.

O Ministério da Saúde (MS) prorrogou a campanha de vacinação contra a poliomielite até 30 de setembro, diante da baixa cobertura vacinal.  Em Londrina, todas as UBS do município participam da campanha, atendendo de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

A paralisia infantil é uma doença contagiosa aguda causada por vírus que pode infectar crianças e adultos e em casos graves pode acarretar paralisia nos membros inferiores. A vacinação é a única forma de prevenção e todas as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas.

O MS também prorrogou a campanha de multivacinação, que acontece concomitantemente com a da poliomielite. A Multivacinação objetiva atualizar a carteira de vacinação de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação.

A Secretaria de Saúde liberou a vacinação contra pólio e multivacinação por livre demanda, ou seja, sem precisar agendar previamente. Basta se dirigir até uma unidade de saúde mais próxima, lembrando que, no ato da vacinação, a criança e o adolescente devem portar um documento pessoal com foto ou certidão

Atualizado às 11h24.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.