Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ontem (1º), o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Educação do Paraná, Defesa Civil, Casa Civil, Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios, Sindicatos filiados e Prefeituras, iniciam a quarta edição da Campanha “Aqui o Mosquito Não Entra”. O evento de lançamento da campanha ocorreu em Curitiba, no prédio da Administração Regional do Sesc PR (Rua Visconde do Rio Branco, 931), e também em outras 27 cidades com unidades do Sesc PR no estado.

A ação tem como objetivo conscientizar a população e criar uma mobilização estadual na eliminação de possíveis focos e criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. De acordo com o informe epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (30) pela Sesa, já foram notificados 77.750 casos de dengue distribuídos em 377 municípios, totalizando seis óbitos. Os dados são muito preocupantes e fazem parte do período epidemiológico atual 2023/2024, iniciado em julho do ano passado.

A campanha é uma maneira de inibir o avanço da dengue no estado com o envolvimento da população através de diferentes ações educativas e de uma disputa virtual, que funciona através de um jogo interativo disponibilizado pelo aplicativo do Sesc PR.

Como funciona?

Pelo app do Sesc PR, o usuário pode registrar, através de fotos, o possível foco de água parada (antes) e sua eliminação (depois). As fotos são compartilhadas no próprio aplicativo e somam pontos ao participante. O cadastro é gratuito e não há restrições de idade para entrar na competição, sendo possível participar nas categorias individual ou por equipes. A ideia é juntar forças para reduzir a proliferação do mosquito no Paraná!

Dinâmica de pontos

Ao longo da campanha, missões serão divulgadas para aumentar o engajamento da população. As missões são atividades especiais, com data e hora para começar e terminar, que vão multiplicar os pontos dos participantes que realizarem aquela ação específica durante o período.

Premiação 

A premiação será feita aos seis primeiros colocados das categoria individual estadual, que ganharão hospedagens no Hotel Sesc Caiobá. O regulamento completo está disponível no site e também no aplicativo.

Histórico

Na primeira edição da iniciativa, realizada em 2021, 3.128 paranaenses de 249 municípios participaram e eliminaram 108.551 possíveis focos do mosquito Aedes aegypti. Já na segunda edição, em 2022, 259.227 possíveis criadouros do mosquito foram eliminados por 5.764 participantes de 284 municípios. Na terceira edição, realizada em 2023, foram mais de 11 mil participantes e 325 mil focos eliminados. A expectativa é que o próximo ciclo continue mobilizando cada vez mais a população e contribua ainda mais para impedir o avanço da dengue no Paraná.

Isabela Mattiolli/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.