Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em relação ao boletim anterior, que somava 2.758 casos confirmados, houve um aumento de cerca de 60%

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Londrina divulgou, nesta quinta-feira (20), novo boletim epidemiológico sobre a dengue. Os dados apontam que, do início do ano até o momento, foram registradas 25.444 notificações relacionadas à doença, das quais 4.370 foram confirmadas. Em relação ao boletim anterior, que somava 2.758 casos confirmados, houve um aumento de cerca de 60%.

O novo boletim também registra 3.444 casos descartados, 17.630 em análise, e oito óbitos (quatro a mais do que na semana anterior), além de sete em investigação. Com relação a chikungunya, há 41 notificações, das quais quatro foram confirmadas (casos importados), três descartados, e 34 estão em análise.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, neste momento há 174 pacientes internados devido à dengue. “Infelizmente este boletim ainda relata uma situação bastante preocupante na cidade de Londrina, que enfrenta uma grande epidemia de dengue. São números altos, muitos novos casos confirmados, milhares de casos ainda em análise. E o pior de tudo são as quatro novas mortes, em decorrência da dengue, e isso mostra que é uma doença séria, grave”, enfatizou.

O secretário ressaltou, ainda, que cada londrinense precisa fazer a sua parte, se conscientizar, olhar o seu quintal e incentivar o vizinho a fazer o mesmo, pois 98% dos focos de dengue estão dentro das nossas casas e quintais. “Em que pese todos os esforços da Prefeitura para garantir atendimento às pessoas que precisem e para garantir as ações de campo, com nossos agentes de Endemias trabalhando incansavelmente, inclusive nos finais de semana e feriados, nós não vamos dar conta desta situação de forma isolada”, alertou.

O boletim epidemiológico também aponta os bairros mais críticos nesta semana. Há uma incidência elevada no Santiago, na região oeste; e uma incidência crescente nas seguintes localidades: Padovani, Chefe Newton, Campos Verdes, Vivi Xavier, Parigot, Cabo Frio, Maria Cecília, Aquiles Stenghel, João Paz, Carnascialli, Santa Rita, Vila Nova, Alvorada, Maracanã, Centro, Marabá, Armindo Guazzi.

Atendimento

No feriado do Dia de Tiradentes, nesta sexta-feira (21), e no sábado (22), estarão abertas as cinco Unidades Básicas de Saúde que atendem exclusivamente os casos de dengue (dos bairros Maria Cecília, Vivi Xavier, Ideal, Ouro Branco e Santiago), das 7h às 19h.

No domingo (23) o atendimento de dengue pode ser feito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sabará, referência para os casos de dengue, que funciona 24h por dia, e no Pronto Atendimento (PA) do Leonor, também com atendimento 24h, e no PA do União da Vitória, das 7h às 23h.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.