Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Sétima edição do evento foi realizada em Londrina e, além de conteúdos, trouxe rodada de negócios e exposição de produtos e serviços turísticos

Cerca de 220 empresários participaram, ontem (13), da sétima edição do Conectur Londrina, considerado o maior evento setorial de turismo do norte do Paraná. A programação contou com palestras, painéis, rodadas de negócios e a exposição de produtos e serviços dos projetos Sou Londrina, de souvenirs criativos, e Experiências Turísticas. O evento foi realizado pela Governança de Turismo de Londrina, pelo Sebrae/PR e pela Abrasel Norte do Paraná.

A agenda foi aberta com um almoço de networking no Buffet Atlântico. A programação seguiu das 14h até as 18h, começando pelo caso de sucesso de Curitiba como um Destino Turístico Inteligente (DTI) e a cidade mais inteligente do mundo; depois, os empresários acompanharam o caso de negócio sobre as marcas londrinenses Folks e Agrobar; palestra sobre Inteligência Artificial no turismo; e painel de inovação com a participação de mulheres que atuam no turismo.

O evento foi encerrado com a palestra sobre experiência do cliente, que apresentou princípios da Disney para encantamento do cliente. Nos intervalos dos conteúdos, foram promovidas rodadas de negócios para networking, para que cada empresário apresentasse seu negócio e prospectasse novos clientes e parceiros.

Turismo de experiência

Dezesseis empresários que integram o projeto Sou Londrina, de souvenirs criativos com a identidade da cidade, participaram como expositores, além de 11 negócios que atuam com experiências turísticas em Londrina e região. Todos foram acompanhados pelo Sebrae/PR na formatação de produtos e serviços. A proprietária do Armazém do Café, Cristina Maulaz, participou dos dois programas e esteve no evento apresentando sua linha de produtos criativos com a marca de Londrina.

Cristina Maulaz, proprietária do Armazém do Café, expôs no Conectur os souvernirs com a identidade de Londrina, como cafés especiais, chocolate e biscoitos. Foto: Thomé Lopes.

Cafés especiais, capuchino, chocolate e biscoitos pés-vermelhos são alguns dos produtos desenvolvidos pelo Armazém do Café dentro do projeto Sou Londrina e que estavam expostos no evento. O espaço também integra a Rota do Café e o catálogo de produtos da Jornada de Experiência do Sebrae/PR, recebendo visitantes do Brasil e do exterior que desejam apreciar os aromas e sabores dos cafés do norte do Paraná.

“Temos oficinas de torrefação de café inclusive em inglês, para visitantes que chegam do exterior, de países como Índia e Alemanha”, conta a empresária, que recebe estrangeiros pelo menos uma vez por mês.

Colheita de morangos no pé, cafeteria e fazendinha são os atrativos do Morangos Camponesa. A empresa, de Londrina, integra o programa Experiências Turísticas e participou como expositora no Conectur. O sócio-proprietário, Otavio Oliva Kopichinski, conta que busca aumentar a visibilidade do negócio e atrair mais visitantes e clientes.

“O Conectur é uma oportunidade de fazer parcerias. Conheci uma empresária de Ibiporã que vai inaugurar um hotel-fazenda e nos convidou para conhecer e, quem sabe, colocar uma filial nossa lá”, conta.

A coordenadora da Governança de Turismo de Londrina, Maria Angela Rocha Ferraz, destaca que a inovação está no DNA do grupo de trabalho e que a pauta foi abraçada por micro, pequenas e grandes empresas do setor de turismo. Uma das temáticas trabalhadas é a transformação de Londrina em um Destino Turístico Inteligente. A previsão é que, nos próximos meses, seja apresentado o texto da lei municipal para a apreciação da Câmara de Vereadores.

 “Para nos inspirar, trouxemos o case da cidade de Curitiba, que foi eleita a cidade mais inteligente do mundo. É no nosso Estado, podemos conhecer de perto, muito bacana”, comenta.

A consultora do Sebrae/PR, Leda Terabe, conta que, nesta edição, o Conectur dedicou mais tempo a momentos de networking, que ocorreram no almoço de negócios, nas rodadas e nos intervalos dos conteúdos. Outra novidade foi o espaço para a exposição de produtos e serviços. Na oportunidade, o Sebrae/PR lançou para os empresários de bares, restaurantes, meios de hospedagem e eventos, o Programa Turbine.

“É um programa voltado para a melhoria da qualidade e gestão de empresas do turismo. Trabalhamos com diagnóstico e cliente oculto. O foco é elevar a competitividade dos negócios através de um planejamento eficiente”, adianta Leda.

Os empresários interessados em participar do Turbine devem entrar em contato pelo telefone (43) 3373-8000. As vagas são limitadas.

Asimp/Sebrae Paraná

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.