Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Além das já tradicionais missas da Quaresma, celebradas às 5h30 às sextas-feiras, seguidas de procissão penitencial, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na Vila Nova, neste ano, também realizará a oração do Santo Rosário nas madrugadas de quarta-feira, sempre a partir das 4h. Todos estão convidados e as orações são abertas à comunidade. Haverá orações nos dias 14/02, 21/02, 28/02, 06/03, 13/03, 20/03 e 27/03. Nas mesmas datas, às 19h, haverá no Santuário a Via Sacra.

“O Santuário abre as portas para a espiritualidade quaresmal, ofertando atividades, orações e celebrações para que as pessoas, da cidade inteira e de toda a Arquidiocese de Londrina, possam desfrutar desses momentos e realizarem sua preparação para a Páscoa”, afirma o padre Rodolfo Trisltz, pároco e reitor do Santuário. De acordo com ele, a iniciativa não é de apenas uma pastoral, mas, de diversos integrantes de vários movimentos eclesiais do Santuário.

Ao mesmo tempo, a Pastoral da Liturgia organizará as missas quaresmais, já tradicionais, celebradas toda sexta-feira, a partir das 5h30. Serão realizadas missas nas seguintes datas: 16/02, 23/02, 01/03, 08/03, 15/03 e 22/03. “Todos estão convidados também a participarem da missa. Existem muitos fieis que, hoje em dia, já acordam de madrugada para fazerem suas orações. Nesse período, se quiserem, poderão fazê-lo aqui na Casa da Mãe Aparecida em Londrina”, convida o padre Rodolfo.

O sacerdote explica que a Quaresma é um período do calendário litúrgico católico que antecede a Páscoa, quando se celebra a ressurreição de Cristo. “Esse é um tempo de preparação espiritual para que possamos bem celebrar a promessa de Cristo da ressurreição, a vitória cristã sobre a morte”, observa o padre Rodolfo. Tradicionalmente, é um período em que as pessoas realizam promessas e jejuns, físicos ou espirituais, a fim de se prepararem melhor para as celebrações pascais.

Em 2024, a Quaresma terá início no dia 14 de fevereiro, na Quarta-feira de Cinzas, terminando no dia 28 de março, na celebração da instituição da Eucaristia. “Durante esse tempo, há pessoas que não comem carne, que deixam de comer alguma outra coisa em penitência, como chocolate e refrigerante, entre tantas outras maneiras de sacrifícios. A oração do Rosário e participação da Santa Missa de madrugada também é uma maneira de se preparar para a Páscoa”, afirma o padre.

Fábio Luporini/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.